Compartilhar

Há um ano o protocolo de Manchester já é utilizado no Hospital Dr. Cândido Junqueira. O Manchester é um protocolo de atendimento utilizado no Pronto Socorro (PS) por objetivo identificar a gravidade e o tempo de espera recomendado para cada atendimento, após triagem baseada nos sintomas que o paciente apresenta. 

Com a implantação do protocolo, os pacientes que chegam ao PS do hospital passam por um enfermeiro, que é responsável pela realização da triagem. O profissional de saúde irá classificar o paciente a partir das queixas, sinais, sintomas, sinais vitais, escala de dor entro outros. Posteriormente, a classificação, pessoa irá passar pelo atendimento médico,

O tempo para atendimento de cada paciente modifica de acordo com a sua classificação. Se ele receber a cor vermelha o caso é de emergência, sendo preciso o atendimento imediato. A cor laranja é para um caso muito urgente, que prevê atendimento em 10 minutos; o amarelo é para casos urgentes, tempo de espera 60 minutos, o verde para atendimentos pouco urgente sendo o tempo de espera 120 minutos e a cor azul é para casos não urgentes, tempo de espera 240 minutos. 

O Manchester que é um protocolo validado, auditado e de referência mundial, não dá o diagnostico, mas dá a prioridade de atendimento para casos que realmente são urgências não deixando de atender nenhum paciente.

Início

O programa de Manchester foi aplicado pela primeira vez em 1997 na cidade britânica de Manchester. Esta triagem foi rapidamente implantada em muitos hospitais do Reino Unido. Em Portugal, são poucos os hospitais que ainda não utilizam este sistema, que já é utilizado em outros países da Europa, como Espanha, Holanda, Alemanha e Suécia. No Brasil o primeiro estado a adotá-lo foi Minas Gerais.

Importante

Os casos que recebem cores azul e verde podem ser atendidos no PSF ou na Policlínica.