Compartilhar

• O Acompanhante deve ser maior de 18 anos
• A troca de acompanhante deve ser feita pela porta principal, nunca pelo Pronto Socorro.
• O acompanhante deverá fazer companhia e auxiliar o paciente em suas necessidades.
• Pessoas com infecção, gripe ou fumantes não devem ser acompanhantes
• Não é permitido o acesso de crianças por medida de segurança.
• Visite somente o sue paciente. Evite circular os corredores.
• Para evitar infecção não é permitido visitas entre pacientes internados. Sentar na cama do paciente, comer a dieta do paciente, trazer cobertor, travesseiro e roupa de cama de casa.
• Não é permitido o uso de roupas com decotes acentuados, mini saia, short curto e roupas transparentes.

Horário de Visitas

Quartos
Das 9h às 20 h – 3 visitantes de cada vez

Enfermaria
Das 13 às 14h – 2 visitantes de cada vez

Troca de acompanhante
7h, 11h, e 19h

Hospital não permite a entrada de alimentos para pacientes ou acompanhantes

Desde agosto de 2012, com a criação do Serviço de Nutrição Dietética (SND) no Hospital Dr. Cândido Junqueira não é permitida a entrada de alimentos que podem prejudicar a dieta do paciente ou que não são higienizados adequadamente para evitar qualquer tipo de contaminação.

Adalgiza Mori Barros, nutricionista do hospital, comenta que é proibido trazer alimentos de casa para o paciente, porque a ingestão de produtos que não obedecem aos devidos critérios de higienização, preparo, tempero, consistência, cozimento, temperatura, embalagem e transporte podem transmitir contaminação ou agravamento do estado geral do paciente.

“É importante o cumprimento dessa norma para garantir ao paciente uma alimentação de acordo com a prescrição do médico ou do nutricionista, que visam a mais breve recuperação da saúde do paciente”, diz. Ela comenta também que diariamente o SND envia uma copeira aos quartos para informar a dieta prescrita pelo médico.

Também é proibida a entrada de alimentos para os acompanhantes. “Quando um paciente está internado pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e tem um acompanhante que mora em outra cidade ou na zona rural, o hospital libera uma refeição. Caso o contrário, o acompanhante tem que se alimentar fora do hospital, evitando assim que o paciente ingerira alimentos que não fazem parte da dieta prescrita”, afirma Adalgiza.

Há exceção para alimentos que não prejudiquem a dieta do paciente, como: iogurte água de coco e frutas, que devem estar inteiras. Estas devem ser entregues a nutricionista para que sejam higienizadas adequadamente para depois serem enviadas para o paciente.

O paciente ou acompanhante que desejar fazer mais algum pedido na cozinha, deve entrar em contato com o SND através do ramal 208. É importante ressaltar que a nutricionista sempre está a disposição para esclarecimentos e a copa pronta para atender 24h.