Compartilhar

É considerada um micronutriente essencial lipossolúvel, isto é, pode se dissolver em gordura e é armazenada em grande quantidade,especialmente no seu fígado.

O nutriente tem como principal função permitir que o cálcio dos alimentos seja absorvido no intestino, além do fósforo, e em quantidades capazes de manter o regular funcionamento celular, neuromuscular, assim como a saúde dos ossos, garantindo poder de crescimento e reparação. Quando a vitamina D age no seu corpo ela se transforma em um poderoso hormônio chamado calcitriol.

A substância também está envolvida nos seguintes processos orgânicos:

Equilíbrio das defesas do corpo (sistema imunológico);

Controle da pressão arterial;

Proteção contra a formação de tumores;

Inibição de processos inflamatórios;

Metabolismo dos carboidratos (diminuindo o risco de diabetes e doenças metabólicas).

Tanto a falta quanto o excesso de Vitamina D no organismo podem ser altamente prejudiciais.

Vale ressaltar que nosso corpo absorve apenas de 10 a 20% e os 80 a 90% faltantes originam-se da luz solar (Raios UV).

Abaixo, confira uma lista de alimentos que podem te ajudar a manter esse nutriente em dia:

Peixes gordurosos como salmão (selvagem), atum, sardinha;

Cogumelos irradiados, ou seja, que foram cultivados sob a luz do sol;

Leite enriquecido e seus derivados (iogurte, manteiga, queijo);

Cereais enriquecidos;

Óleo de fígado de peixe;

Gema de ovo.

Para suplementação, converse com o seu médico sobre a quantidade adequada.