Compartilhar

O exercício físico é recomendado para manter uma boa saúde e uma boa qualidade de vida. Mais de três milhões de pessoas perdem a vida, por ano, vítimas das doenças adquiridas pela falta de atividade física como diabetes, obesidade e doenças cardiovasculares. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o sedentarismo é o quarto fator de risco de morte no mundo.

E, como estamos perto da Copa do Mundo, resolvemos falar de futebol. As famosas “peladas” uma vez por semana ou de fim de semana. A prática desse esporte além de ensinar a trabalhar em equipe, melhora a concentração e traz inúmeros benefícios. Pensando na estética, o futebol é bom para os músculos e para ter boas definições, como panturrilhas, coxas, glúteos, costas e abdômen e gasto calórico.

Segundo dados da OMS, pessoas sedentárias têm de 20% a 30% de risco de morte a mais do que uma pessoa que pratica pelo menos 30 minutos de atividade física três vezes por semana. Em todo o mundo, 31% dos adultos com 15 anos ou mais não são ativos o suficiente. No Brasil, esse índice é de 48,7% entre os adultos, segundo dados do Vigitel 2014. Até 2025, o Ministério da Saúde pretende reduzir esse índice para 10% da população acima dos 18 anos.

Benefícios

E como saber qual é a melhor atividade para o nosso corpo? Subir e descer escada e fazer uma caminhada já podem ser considerados como prática de atividade física, mas o exercício físico consiste na realização de alguma atividade específica. Vale de tudo: natação, caminhada, luta, yoga, dança e subir e descer escadas. É bom fazer uma atividade física, mas é preciso praticar algo que dê prazer, porque o exercício deve ser feito com prazer para ter uma boa qualidade de vida.

Cuidados com a prática do esporte

É preciso ter alguns cuidados antes de praticar o esporte, como uma boa avaliação física para conhecer seus limites. Confira:

• É importante complementar o treino com musculação para adquirir mais condicionamento e evitar lesões musculares;

• A hidratação e uma boa alimentação são muito importantes;

• Faça um aquecimento como corrida ou treino com preparador físico;

• Respeite os limites do seu corpo.

Com informações: Ministério da SaúdeO exercício físico é recomendado para manter uma boa saúde e uma boa qualidade de vida. Mais de três milhões de pessoas perdem a vida, por ano, vítimas das doenças adquiridas pela falta de atividade física como diabetes, obesidade e doenças cardiovasculares. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o sedentarismo é o quarto fator de risco de morte no mundo.

E, como estamos perto da Copa do Mundo, resolvemos falar de futebol. As famosas “peladas” uma vez por semana ou de fim de semana. A prática desse esporte além de ensinar a trabalhar em equipe, melhora a concentração e traz inúmeros benefícios. Pensando na estética, o futebol é bom para os músculos e para ter boas definições, como panturrilhas, coxas, glúteos, costas e abdômen e gasto calórico.

Segundo dados da OMS, pessoas sedentárias têm de 20% a 30% de risco de morte a mais do que uma pessoa que pratica pelo menos 30 minutos de atividade física três vezes por semana. Em todo o mundo, 31% dos adultos com 15 anos ou mais não são ativos o suficiente. No Brasil, esse índice é de 48,7% entre os adultos, segundo dados do Vigitel 2014. Até 2025, o Ministério da Saúde pretende reduzir esse índice para 10% da população acima dos 18 anos.

Benefícios

E como saber qual é a melhor atividade para o nosso corpo? Subir e descer escada e fazer uma caminhada já podem ser considerados como prática de atividade física, mas o exercício físico consiste na realização de alguma atividade específica. Vale de tudo: natação, caminhada, luta, yoga, dança e subir e descer escadas. É bom fazer uma atividade física, mas é preciso praticar algo que dê prazer, porque o exercício deve ser feito com prazer para ter uma boa qualidade de vida.

Cuidados com a prática do esporte

É preciso ter alguns cuidados antes de praticar o esporte, como uma boa avaliação física para conhecer seus limites. Confira:

• É importante complementar o treino com musculação para adquirir mais condicionamento e evitar lesões musculares;

• A hidratação e uma boa alimentação são muito importantes;

• Faça um aquecimento como corrida ou treino com preparador físico;

• Respeite os limites do seu corpo.

Com informações: Ministério da Saúde