Compartilhar

O que é? O nervo ciático é o maior nervo do corpo humano. Ele se origina de diversas raízes nervosas que saem do final da coluna lombar, mais precisamente das raízes L4, L5, S1, S2 e S3. Ele é responsável por controlar as articulações do quadril, joelhos e tornozelos, além dos músculos das pernas e pés. Causa Uma pressão nesse nervo pode causar inflamação e consequentemente a chamada dor ciática. A causa mais comum de dor nesse nervo é uma hérnia de disco (problema com um disco cartilaginoso entre as vértebras). Outra causa menos comum de compressão do nervo ciático é quando ele passa pelo músculo piriforme (glúteo). Essa compressão ocorre principalmente em esportistas e corredores que tendem a aumentar o volume desse músculo.

Sintomas

· Dor na parte posterior da perna e glúteo;

· Pouca dor lombar;

· Dores na perna em forma de choque queimação (Geralmente em apenas um dos membros inferiores e nos casos mais graves pode ocorrer diminuição da força no membro inferior)

· A dor piora sentado ou em pé;

· Pode apresentar piora ao espirrar ou tossir.

Diagnóstico

· Exame físico: O teste de Lasègue por ser sensível pode detectar a dor nos casos de compressão do nervo ciático. O teste é feito com o paciente deitado e a perna estendida causando uma dor muito forte e irritada até o pé. Além disso, também pode ocorrer fraqueza ou perda de sensibilidade em alguma parte do membro inferior;

· Exames de imagem: tomografia ou ressonância da coluna lombar podem avaliar a presença de hérnia de disco.

Tratamento Conservador

· Medicações analgésicas e anti-inflamatórias;

· Fisioterapia;

· Gelo ou calor local;

· Repouso relativo por curtos períodos de tempo;

· Procedimentos de dor como infiltrações com corticoide, guiadas por radioscopia ou tomografia;

· Cirurgia: Quando não há melhora com o tratamento clínico as cirurgias têm como objetivo remover a hérnia de disco e, para isso é utilizado o microscópio ou o endoscópio. Atualmente essas cirurgias são minimamente invasivas com o retorno precoce do paciente as suas atividades.

Prevenção

· Exercícios físicos regulares;

· Evitar o sobrepeso;

· Alongamento;

· Fortalecimento muscular com orientação respeitando os seus limites;

· Ergonomia no trabalho ou em casa como cadeiras e colchões adequados;

· Evitar carregar pesos de forma inadequada

Incidência

A dor no nervo ciático e nas costas tem uma taxa de incidência e prevalência muito alta em nosso meio. A taxa é de 13% e, mais de 60% da população está sujeita a esse tipo de dor. Esse percentual aumenta por conta do sedentarismo, da movimentação diária das cidades e longas horas sentadas.